TRATAMENTO/INVOLUNTÁRIO

Como funciona o tratamento involuntário?

Embora se imagine que apenas dependentes químicos cheguem ao ponto de terem que ser atendimentos por meio do tratamento involuntário da dependência química, a verdade é que mesmo pessoas com problemas de alcoolismo também podem estar com a saúde tão abalada a ponto da decisão de iniciar o tratamento não seja deles próprios.

Além disso, é preciso que o médico psiquiatra responsável pelo atendimento involuntário informe ao Ministério Público sobre a internação, bem como as razões que levaram a essa circunstância.
Isso é uma obrigação legal que os profissionais possuem nessa modalidade de tratamento, já que se trata do órgão responsável por controlar essa modalidade de internação.

Já que nesse atendimento o paciente vai contra a sua vontade para a clínica, o mais comum é que o tratamento inicie por meio da remoção ou do resgate do paciente, no local onde ele se encontra.
No entanto, mesmo nessa hora, é fundamental que a equipe esteja capacitada para o atendimento adequado, de modo a preservar a vida do dependente.

remoção 24h

A remoção é feita por profissionais qualificados e com experiência, visando o primeiro passo em busca de uma vida melhor para o paciente e tranquilidade para sua família.

Abrir WhatsApp
💬 Precisa de Ajuda?
Olá 👋
Podemos te Ajudar?